No HNL a investigação existe lado a lado com o ensino, e busca desenvolver o espírito crítico na nova geração de profissionais, enquanto fomenta uma contínua curiosidade e abertura para aprender com outras áreas científicas. Estes são ingredientes que enriquecem a experiência de aprendizagem.

A nossa missão é oferecer um contexto de ensino e preparação científica de elevada qualidade, que vai além das atividades clássicas de sala de aula, sobre as funções básicas do cérebro e as condições clínicas associadas ao sistema nervoso. Neste sentido, enfatizamos a importância da formação prática no nosso laboratório, onde oferecemos aos estudantes e jovens investigadores uma experiência de aprendizagem de elevada qualidade numa equipa multidisciplinar a desenvolver investigação nas Neurociências.

Os nossos estudantes podem iniciar a sua formação em Neurociências já nos primeiros anos da licenciatura, através das seguintes unidades curriculares:

INTRODUÇÃO ÀS NEUROCIÊNCIAS

O objetivo desta unidade curricular é apresentar os princípios gerais do funcionamento cerebral em indivíduos saudáveis, bem como a relação entre lesão cerebral e os défices cognitivos. Também inclui aulas práticas sobre as técnicas mais utilizadas na área das Neurociências.

NEUROCIÊNCIAS COGNITIVAS E AFETIVAS

Esta unidade curricular fomenta a discussão sobre as bases neurobiológicas das funções cognitivas e afetivas, identificando também os principais défices neurocognitivos que podem afetá-las. Esta unidade curricular também familiariza os alunos com o contexto laboratorial e com os procedimentos experimentais destinados ao registo da atividade do sistema nervoso.

NEUROPSICOLOGIA

Esta unidade curricular foi criada para que os alunos do mestrado em Psicologia possam desenvolver uma melhor compreensão da relação entre o comportamento humano e as funções cerebrais na vertente patológica; enquanto explora o papel da neuropsicologia no diagnóstico diferencial de diversas doenças neurológicas/psicopatológicas.