Inteligência: Teoria e Processos

5 ECTS / Semestral / Inglês, Português

A UC de Inteligência: Teoria e Processos pretende introduzir a temática da Psicologia da Inteligência. Para além do conceito de Inteligência, é explorada a sua evolução histórica, os seus principais modelos teóricos (clássicos e contemporâneos), os processos psicológicos relacionados com o comportamento inteligente, o desenvolvimento cognitivo e da inteligência, e os fundamentos e métodos de avaliação psicológica da inteligência.

Objetivos de aprendizagem:

A. Conhecer o conceito de inteligência e a sua evolução histórica;

B. Diferenciar os principais modelos teóricos da inteligência;

C. Identificar os principais processos psicológicos relacionados com a inteligência;

D. Conhecer o desenvolvimento cognitivo e da inteligência;

E. Conhecer os fundamentos e métodos de avaliação psicológica da inteligência;

F. Refletir criticamente acerca do conceito de inteligência bem como dos seus modelos e formas de avaliação.

No final da UC, o aluno deverá ser capaz de:

  • Compreender de forma abrangente o conceito de inteligência e as suas implicações práticas no âmbito da Psicologia (Objetivo A);
  • Conhecer de forma aprofundada os modelos teóricos clássicos e contemporâneos de inteligência bem como a forma como estes se interligam (Objetivo B);
  • Identificar pontos fortes e limitações dos principais modelos de inteligência, sendo capaz de os comparar de forma crítica (Objetivos B e F);
  • Reconhecer e refletir sobre a articulação entre inteligência e processos psicológicos básicos (Objetivo C);
  • Compreender de forma aprofundada o desenvolvimento cognitivo e da inteligência desde o período pré-natal até à idade adulta (Objetivo D);
  • Conhecer fatores que podem ter maior impacto no desenvolvimento cognitivo e da inteligência (Objetivo D);
  • Conhecer métodos de treino de competências cognitivas focados nas estruturas e focados nas estratégias (Objetivo D);
  • Contextualizar provas de avaliação da inteligência nos diferentes modelos de inteligência (Objetivo E);
  • Identificar a adequabilidade de utilização de determinado modelo de inteligência tendo em conta diferentes necessidades de avaliação (Objetivo F).

Paralelamente, o aluno deverá desenvolver um conjunto de competências transversais que contribuirão para a sua formação na área da Psicologia:

  • Pensamento crítico;
  • Trabalho em equipa (e.g., ética, negociação, liderança, gestão de tempo, organização);
  • Comunicação de ideias e utilização de argumentos pertinentes para suporte das mesmas;
  • Adequação do discurso verbal e não verbal, bem como do seu comportamento a situações e contextos de trabalho.

Docentes

Professor(a) Auxiliar Convidado(a) / Investigador(a)
Alexandra Manuela Paiva Carneiro é Professora Auxiliar Convidada em Psicologia e Investigadora Integrada do Centro de Investigação para o Desenvolvimento…