Patrícia Oliveira-Silva

(Faculdade de Educação e Psicologia - UCP, Porto)

Coordenação Científica e Pedagógica

Doutorada em Psicologia Clínica pela Universidade do Minho (Braga), coordena atualmente o Human Neurobehavioral Laboratory (HNL) e é docente na Faculdade de Educação e Psicologia na Universidade Católica Portuguesa. Ao longo da carreira académica tem estado envolvida maioritariamente em investigações que exploram os mecanismos neurofisiológicos subjacentes ao comportamento. Especificamente, há um interesse antigo nas questões associadas à regulação e à descrição das bases biológicas do comportamento social. Tem participado em projetos de investigação financiados por agências nacionais e estrangeiras; estabelecido cooperação científica com vários grupos nacionais e internacionais; supervisionado projetos de investigação a nível da graduação e pós-graduação; realizado investigação em vários laboratórios nacionais e internacionais; organizado eventos científicos e cursos de verão para o público nacional e estrangeiro; convidada para formações a nível da graduação e pós-graduação; e lecionado no âmbito das neurociências, da linguagem, da atenção, das emoções e da psicofisiologia. Tem também publicado e orientado várias dissertações com o objetivo de explorar as bases neurofisiológicas do comportamento humano.


Rosana Magalhães

(Centro Clínico Académico | 2CA - Hospital de Braga)

Doutorada em Psicologia Clínica pela Universidade do Minho, Portugal (2014), desde o Mestrado Integrado (também na Universidade do Minho, 2009) tem realizado investigação na área da Neuropsicologia, com especial enfoque no défice cognitivo associado à doença neurodegenerativa. Um dos muitos interesses centra-se na alteração comportamental que ocorre após dano cerebral adquirido em adultos e crianças. Nos últimos anos desenvolveu experiência no contexto de avaliação neuropsicológica e reabilitação cognitiva. Foi docente de disciplinas de Licenciatura e Mestrado (Universidade Lusíada, 2015-2017) tais como Introdução às Ciências da Vida, Neuropsicologia, Psicologia da Linguagem, Avaliação Psicológica e Avaliação Clínica do Adulto. Atualmente trabalha no Hospital de Braga.


Diana Pereira

(Faculdade de Educação e Psicologia - UCP, Porto)

Doutorada em Psicologia Básica pela Universidade do Minho e mestre em Psicologia Clínica e da Saúde pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto. Pós-graduada em intervenção clínica em Psicogerontolgia e Neuro-Psicogerontologia. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Atualmente professora associada convidada na Faculdade de Educação e Psicologia, Universidade Católica Portuguesa - Centro Regional do Porto. Tem desenvolvido investigação na área da memória recorrendo a dados comportamentais, neuropsicológicos e de neuroimagem. Tem colaborado em diferentes projetos na área do envelhecimento, participando na realização de avaliações neuropsicológicas e no estudo do impacto do treino cognitivo e de estratégias de reabilitação cognitiva. Mais recentemente, tem colaborado no estudo clínico do projeto MindGAP no Instituto Português de Oncologia do Porto, que procura explorar os efeitos da terapia cognitiva baseada em mindfulness tanto em variáveis psicossociais como biológicas, nomeadamente no conteúdo das vesículas extracelulares provenientes do sistema nervoso central. Os seus interesses de investigação incluem atualmente: 1) o estudo da memória ao longo do desenvolvimento e em condições clínicas (e.g., alterações cognitivas relacionadas com o cancro); 2) o estudo do impacto de intervenções neuropsicológicas e não farmacológicas (e.g., treino cognitivo; estratégias compensatórias) no funcionamento cognitivo e indicadores cerebrais; 3) o estudo de marcadores inovadores e de instrumentos de avaliação que sejam sensíveis a alterações relacionadas com a saúde, assim como a mudanças relacionadas com intervenções de natureza neuropsicológica.


Carla Pais-Vieira

(Instituto de Ciências da Saúde - UCP, Porto)

Professora convidada de Psicologia da Universidade Católica Portuguesa (UCP) e investigadora colaboradora da Plataforma de Neurociência Translacional do Centro de Investigação Interdisciplinar em Saúde (CIIS) da UCP. Atualmente, é coordenadora do projeto intitulado “Thertact-Exo: A brain controlled exoskeleton for spinal cord regeneration”, parte de um consórcio nacional e internacional. É também neuropsicóloga clínica do Plano de Ação e Apoio aos Deficientes Militares (PADM) do Ministério da Defesa Nacional. Tem vindo a desenvolver experiência na área da investigação multidisciplinar que visa explorar os mecanismos neurofisiológicos subjacentes ao comportamento humano com recurso a técnicas comportamentais, de experiência imersiva/realidade virtual e de neuroimagem. Especificamente, as suas questões de interesse encontram-se associadas aos mecanismos envolvidos na (des) integração entre as sensações corporais e processos cognitivos e suas repercussões na determinação de indicadores pré-clínicos de doença/saúde. Tem vindo a participar na orientação de teses de mestrado, em júri de graus académicos, edição de jornais e revisão de projetos de investigação internacional. De 2010-2016, realizou o programa de trabalho doutoral em Psicologia com especialização em Neurociência Cognitiva pela Universidade de Aveiro e pela Duke University (USA), onde foi pioneira na investigação dos correlatos neuronais da formação de memórias emocionais influenciada pela orientação da atenção para os estados sensoriais interoceptivos. Antecedentemente, obteve o grau de mestre em Psicologia Clínica e da Saúde e licenciatura em Psicologia pela UCP.


Miguel Pais-Vieira

(Department of Medical Sciences - Universidade de Aveiro, Aveiro, Portugal)

Miguel Pais-Vieira, licenciado em enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem da Imaculada Conceição, faz parte do Instituto de Ciências da Saúde. Após terminar o mestrado em Ciências Cognitivas na Faculdade de Filosofia na Universidade Católica em Braga, realizou o seu doutoramento em Biologia Humana na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Durante o seu pós-doutoramento, foi para a Universidade de Duke nos EUA para aprender técnicas de registo eletrofisiológico e análise de sinal em tempo real, no laboratório do Professor Miguel Nicolelis. Trabalha atualmente com integração sensoriomotora e interfaces cérebro-máquina (brain-machine interfaces). 


Amable Muñoz (Universidad de Madrid, Spain)

Tem licenciatura em Filosofia e Ciências da Educação, com especialidade em Psicologia (1988) e doutoramento em Psicologia (1997) pela Universidad de Oviedo.  Obteve mestrado em Psicofarmacologia pela Universitat de València (2015) e mestrado em Neurologia Pediátrica e Neurodesenvolvimento (em curso). Desde 2005 que é professor adjunto do Departamento de Psicologia na Faculdade de Medicina da Universidad CEU San Pablo (Campus de Montepríncipe, Boadilla del Monte, Madrid).

Contactos

Candidaturas

E-mail: candidaturas@porto.ucp.pt | admissions@porto.ucp.pt

Tel.: (+351) 939 450 000 / (+351) 939 450 012